sábado, 24 de agosto de 2013

Dou meu amor à Sabedoria

E assim eu retornei. Após tanto tempo, estou aqui novamente, me sentindo um estranho antes a uma visão que já representou tudo que eu era, tudo que eu achei que poderia ser. E caio na velha ironia de quem cresceu e virou adulto. Somente quando olho pro passado que vejo o abismo que percorri, abismo maior que o tempo permite perceber.
Hoje eu não acredito mais em sonhos. Ou eles são uma visão do que quero conquistar - e vou conseguir - ou simplesmente são uma perda de tempo. Não vale a pena fechar os olhos para o mundo ao meu redor apenas por causa de um doce momento de ilusão. E se for verdade que o sonho vira realidade, então vou atrás do que meu coração deseja o quanto antes.
Também não acredito mais em paixão. Uma paixão ardente não faz nada além de queimar o corpo e cansar a alma. O prazer da paixão é superficial. A intensidade de um amor real vai muito mais além do que o calor do momento. Não é o fogo da paixão que vai esquentar alguém nos momentos mais frios, mas sim aquele amor bonito que nunca deixa seus pensamentos.
Não acredito mais em fantasia. Prefiro a realidade do meu futuro. Um futuro onde ter aquela pessoa especial é real, algo que vai acontecer. Uma realidade tão boa que me fará vencer os piores problemas sem nem mesmo suar, onde a força de vontade nunca termina, onde a determinação para conquistar o que quero é infinita. Precisei sentar desse lado da mente pra entender que, ao contrário do que se imagina, isso não é tão difícil de se alcançar.

A resposta pra isso veio numa forma simples e bela, e ainda assim tão maravilhosamente complexa.

Foi você. Sabedoria.

Sabedoria esta que me puxou dos sonhos e me fez ter vontade de acordar. Quem precisa de um sonho quando posso sair de casa direto a seus braços, sentir seu gosto de uma forma jamais concebida nem pelo melhor dos sonhos?
Sabedoria mesma que vai além da paixão. Paixão é apenas calor do momento, ela será esquecida amanhã, após girar em torno de simples desejos. Prefiro ter o seu amor, pois o meu você já tem, em toda sua sapiência.
Sabedoria tanta que vai além da fantasia. É você. Aqui, ali, não importa. A distância não importa, ela será percorrida tantas vezes quantas forem necessárias até que diminua completamente, até que você esteja ao alcance dos meus braços, até que eu possa sentir o seu calor, que eu me guie pela sua luz até os confins do mundo real. Não me importo de esperar o tempo que for, me importo em estar com você quando desejar minha presença.

Você me terá de formas que ninguém mais teria, não quero alguém "parecido" com você, quero você e somente você. Eu poderia dizer isso de tantas formas diferentes, mas nem se eu empilhasse 110 milhões de palavras eu conseguiria montar uma leve descrição do quanto você significa para mim. Você, que me trouxe de volta do esquecimento, após um longo tempo afastado, e por você voltarei aqui dia após dia, semana após semana, sempre.

Pensou que eu fosse dizer aquela frase especial? Oh sim, você terá aquelas três palavras especiais, que significam mais que todas as outras. Mas apenas quando nossos olhos nos encontrarem, frente a frente, com nada entre nós.

Assim, dou meu amor à Sabedoria.